Sherlock, CSI, Dexter: os personagens que foram inspirados na vida real

 

“Na vida nada se cria, tudo se copia”.  Será mesmo? No caso de algumas figuras de livros e seriados de TV, pode-se dizer que sim!

De Sherlock Holmes a Gil Grissom, muitos personagens que brilharam em séries de televisão foram inspirados em pessoas da vida real, agentes, detetives, criminalistas, cientistas forenses, professores.

Conheça a história de alguns deles.

 

1. O CSI Gil Grissom

Tão lógico e analítico quanto Sherlock Holmes, Gil Grissom é um dos favoritos da série CSI. O entomólogo forense esteve nas oito primeiras temporadas, e é lembrado como o primeiro supervisor da equipe. Ele é inspirado em um criminalista real, Daniel Holstein, da polícia metropolitana de Las Vegas. Holstein formou-se na Universidade de Las Vegas com uma licenciatura em Criminologia Bioquímica, e esteve envolvido em mais de 7 mil casos na carreira. Na série, Grissom foi vivido pelo ator William Petersen.

 

2. O serial killer Dexter

Já se perguntou se Dexter Morgan, o especialista forense/serial killer da série de TV, foi baseado em alguém? Há fortes indicativos de que sim. A pessoa seria Manuel Pardo, um ex-policial de Miami que confessou ter matado nove traficantes no sul da Flórida. Pardo foi escoteiro e ex-veterano da Marinha antes de entrar para o departamento de polícia. Os crimes, que aconteceram de janeiro a abril de 1986, eram “uma missão para livrar a Flórida da cultura de drogas”, segundo ele. Pardo foi condenado à morte e executado em 2012. Nas telas, foi vivido por Michael C. Hall.

 

3. Holden Ford em Mindhunter

john douglas

A série da Netflix que conquistou muita gente foi baseada no livro Mindhunter… O Primeiro Caçador de Serial Killers Americano, escrito por John Douglas (na foto à direita) e Mark Olshaker. Holden Ford, personagem vivido pelo ator Jonathan Groff, é inspirado em John Douglas. O ex-agente especial do FBI e perito em psicologia criminal desenvolveu os primeiros perfis sobre assassinos em séries, procurando prever seus passos para evitar crimes. Seus estudos mudaram a forma como a polícia investigava crimes com serial killers.

 

4. Catherine Willows em CSI

A inspiração para a perita forense Catherine Willows, da série CSI, é uma mulher chamada Yolanda McClary. Ela é investigadora do laboratório criminal do Departamento de Polícia Metropolitana de Las Vegas e, assim como Daniel Holstein, contribuiu com informações sobre a profissão por meio de Anthony E. Zuiker, criador e produtor executivo do seriado que passou um bom tempo com os policiais antes de escrever o piloto. Yolanda trabalhou no laboratório criminal por 16 anos, investigando crimes para identificar e associar assassinos a casos que podiam estar relacionados. A atriz Marg Helgenberger interpreta Catherine na TV.

 

5. Allison Dubois em Medium

A série Medium traz Patricia Arquette no papel de Allison Dubois, uma mulher que ajuda a polícia a resolver crimes através de suas habilidades psíquicas e de sonhos. A série é baseada também em Allison Dubois, uma autora e médium norte-americana. Segundo Dubois, ela tornou-se consciente da habilidade aos 6 anos de idade. Medium é inspirada no livro de Dubois, Don’t Kiss Them Good-Bye, e foi produzida de 2005 até 2011.

 

6. Temperance Brennan, de Bones

(Imagem: https://c1.staticflickr.com/1/109/304860790_8034faf120_b.jpg)

Da série Bones, Temperance Brennan é inspirada em Kathy Reichs, romancista policial e especialista em antropologia forense.  Os livros de Kathy trazem tramas similares aos vistos em Bones, com Temperance usando métodos de investigação forense e fazendo a análise de restos mortais para tentar resolver casos. O primeiro livro, Déjà Dead, foi publicado em 1997. Na série, a atriz Emily Deschanel interpreta Temperance.

 

7. Sherlock e o professor Bell

Muita gente já leu sobre esta história. Sherlock Holmes foi inspirado em um professor do escritor Arthur Conan Doyle, um médico chamado Joseph Bell, que lecionava na Universidade de Edimburgo no final do século 19. Conta a lenda que o professor Bell estimulava os alunos a fazerem uma observação analítica antes de cada diagnóstico. Bell também entrou para a história como um dos primeiros cirurgiões científicos na Escócia. E na série Sherlock BBC, Benedict Cumberbatch foi um dos grandes intérpretes do personagem.

 

Compartilhe aqui!
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!